Holística

Mariomar Teixeira

ver colunas anteriores
Argila - Praia dos Carneiros
Argila - Praia dos CarneirosFoto: Renata Lima

Um dos tratamentos mais antigo usado pelo ser humano é a argiloterapia (ou geoterapia), com o seu uso comprovado historicamente por ser usado por Hipócrates, Jesus (Bíblia - João 9, versículo 6), Gandhi, entre outros.

A argila pode ser usada para tratamento de saúde, estético tanto corporal como facial e capilar. Sua aplicação externa é a mais conhecida. Pode ser feito uso interno (forma de pó dissolvido, em comprimidos ou pílulas) sob a orientação de um profissional.

Por ser composto por diversos minerais existem várias cores e tipos de argila, caso tenha dúvida sobre que tipo usar, quantas sessões de aplicação e a necessidade, sugiro procurar um profissional para orientação. Os tipos de argila mais conhecidos são:

1. Argila amarela - Rica em potássio, alumínio, silício e ferro. Indicada para peles oleosas. Nutre, purifica, hidrata, esfolia e desintoxica a pele. É anti-inflamatória. Melhora a elasticidade e combate o envelhecimento.

2. Argila branca - Rica em alumínio, silício, zinco, potássio, cálcio e ferro. Usada em peles sensíveis. Hidrata, relaxa e amacia a pele.

3. Argila castanha ou marrom – Rica em alumínio, titânio e silício. É adstringente, desintoxicante, revitalizador e equilibrador.

4. Argila cinza – Rica em alumínio e silício. Além de hidratar é excelente como cicatrizante, anti-inflamatório e inchaços.

5. Argila Preta – Rica em enxofre, alumínio, silício e titânio. Tem ação anti-inflamatória, desintoxicante, adstringente, redutora de estresse. Ameniza manchas na pele.

6. Argila rosa - Tem um pouco mais de óxido de ferro e de silício que a argila branca. Age como esfoliante, nos tratamentos de algumas manchas e regeneração da pele, assim como, hidrata, suaviza e desinfeta a pele. Também, vitaliza e ativa a circulação.

7. Argila vermelha – Rica em ferro e silício. Além das ações das duas primeiras citadas, ela regula a microcirculação da pele e a queratina. Revitaliza o corpo e ajuda a reduzir os efeitos do envelhecimento. Indicada para depressões.

8. Argila verde – Rica em silício e vários oligoelementos. Indicada para peles oleosas. É adstringente, desintoxicante, esfoliante e suaviza a pele.

9. Argila violeta/roxa – Muito rica em magnésio. Estimula a produção de colágeno que a faz ter uma ação rejuvenescedora. Acalma, equilibra, refresca. Muito utilizada na região do pescoço e da cabeça.

As argilas mais usadas, até por ter um custo menor, são a branca, a verde, a cinza e a rosa.

Os efeitos da argila são maravilhosos e é mais fácil perguntar para que não serve, pois também tem contraindicação, que são:

- Indivíduos com problemas cardiológicos (com marca-passo, como exemplo) é interessante ser avaliado por um profissional antes de se autoaplicar;

- Pessoas que estão tomando remédio sob controle, o tratamento de argiloterapia deve ser feito com o acompanhamento de profissional; e

- Gestantes sempre devem ter cautela em tratamentos alternativos, argiloterapia está inclusa nesse cuidado e deve ter acompanhamento de profissional.

Em Petrolina-PE, o Recanto Madre Paulina (instituto filantrópico de saúde holística - situado na Rua 02, 326, bairro Ouro Preto – Telefones: (87) 3863.2492/3863.2650) faz uso da argila para vários tipos de tratamento, entre eles esclerose múltipla, com resultados excelentes e comprovados.

Eu conheci o uso da argila com a esteticista Vera Rabelo, fiquei encantada, pois tenho a pele oleosa. Depois, conheci Dalva de Oliveira, também esteticista, e sempre alterno entre as duas profissionais na aplicação da argiloterapia, conforme a conciliação das nossas agendas.

Ao retornar para Recife-PE, estava buscando informações atuais sobre a cidade e locais interessantes para conhecer. Encontrei o blog (https://olharmeu.wordpress.com/) de Renata Lima (a blogueira disponibilizou suas fotos para esta matéria) que descreve sobre a Praia dos Carneiros (Tamandaré-PE) e seu banho de argila. Com certeza, fui conhecer a praia com a minha família e, de forma divertida, nós tomamos também banho de argila e compramos os produtos que vendiam naquele local.

Como o céu tem espaço para todas as estrelas, expus nas redes sociais e contatei amigos que poderiam indicar profissionais da área para colaborar com esta coluna descrevendo suas experiências. Antecipadamente, agradeço a todos pela colaboração.

Carol Albuquerque – Brasília-DF –
“Trabalho com argila há algum tempo e, há cerca de um ano, venho utilizando uma argila mais rica em minerais do que as normalmente encontradas no mercado. Essa argila tem propriedades estruturais e quânticas bastante apuradas, atingindo até mesmo o nosso DNA, de forma a aumentar o potencial das argilas no reequilíbrio do nosso campo bioeletromagnético. Utilizo-a em sinergia com óleos vegetais e óleos essenciais em formulações para couro cabeludo, rosto e corpo como um todo. As propriedades da argila vão muito além dos efeitos estéticos tão procurados, promovendo, na realidade, todo um reequilíbrio de corpo, alma, mente e espírito, em especial quando associada aos óleos essenciais e outras ferramentas terapêuticas vibracionais.

A cor da argila e a sinergia de óleos são sempre personalizadas de acordo com as queixas trazidas e verificadas nos atendimentos individuais.

Mais recentemente, venho observando bastante sucesso na terapia com argila no couro cabeludo. A aplicação da argila nessa parte do corpo, em associação com óleos essenciais, gera um bem-estar físico que supera o controle da queda capilar: há um reequilíbrio emocional evidenciados naqueles que experimentam as aplicações no couro cabeludo na proposta terapêutica continuada”.

Celso Costa – Recife-PE e Cabo de Santo Agostinho-PE –
“Tenho minha base na Magia. Os tratamentos aconteciam a princípio por orientação espiritual de guias, seres de luz e elementais. Como já tinha a ligação com a Elementoterapia, agreguei a fitoterapia ao auxílio elemental. Em seguida entrou a cristaloterapia e a argiloterapia. Mas tudo acontecia naturalmente, por pesquisas pessoais. Anos depois resolvi fazer o curso de Terapias Naturais e Holísticas. Abri um Hostel com minha companheira e comecei, profissionalmente, a trabalhar como Terapeuta. E a técnica principal, o que acontece até hoje, é a Argiloterapia.

O motivo de até hoje ter a Argiloterapia como a base dos meus tratamentos, é justamente por ver os resultados imediatos. Seja em termos estéticos, torções, dores locais, desequilíbrios emocionais, como para doenças agudas e crônicas, Não importa o motivo que leve as pessoas a vir fazer a Argiloterapia. É fato que definitivamente funciona.

Não existe uma preferência por tipo de argila. Cada tipo, cor, textura, tem uma propriedade específica. Seja a rosa para cravos e espinhas, a cinza para marcas profundas e/ou antigas, a preta para dermatites ou a verde para limpeza profunda e desequilíbrios crônicos, cada uma trabalha em um nível de frequência atômica diferente. E agregada as tinturas, chás, óleos vegetais, essenciais e afins, que é a base de preparação da argila, os efeitos são visíveis.

A argiloterapia só ofereço no La Casita Hostel e Tratamentos Naturais (localizado no Cabo de Santo Agostinho–PE)”. 

 O profissional disponibilizou o vídeo que está incluso nesta matéria.

Milena Esther Madhava – João Pessoa-PB e Recife-PE – “Sempre tive real fascinação pelo ato de cobrir o corpo com terra ou com tintas como faziam antigas civilizações. Desde a primeira vez que cobri meu corpo com argila amarela, aos 18 anos, brincando com os amigos numa praia, senti os benefícios que aquilo me trazia em diversos níveis. Desde então, comecei a pesquisar sobre as argilas e descobri suas ações terapêuticas.

Nas práticas que venho realizando nos retiros de yoga ultimamente, associo o yogaterapia, o toque e a argila para a liberação de nós e traumas e tem dado ótimos resultados.

Atualmente estou me empenhando em trazer ao Nordeste o curso de Argila e óleos essenciais do Instituto Brasileiro de Aromaterapia (IBRA), que é referência. Será realizado dias 2 e 3 de dezembro, em João Pessoa, no Espaço Arte Yoga. Mais informações comigo, Milena Esther Madhava, por meio do telefone (83) 98731.0058 ou pelo e-mail milena.esther@hotmail.com”.

A profissional disponibilizou para esta matéria as fotos do Retiro realizado em Conde-PB.

Monica Silva – Recife-PE –
“Quando iniciei o trabalho terapêutico com atendimento em Reflexologia Podal, desejei oferecer mais bem-estar às pessoas que me procuravam e, agreguei ao atendimento, a Argiloterapia, pois as propriedades curativas da argila são há muito reconhecidas e utilizadas, com sucesso, por nossos antepassados, em todos os tempos. Desejei estudar e trabalhar com argila porque entendo que, tudo aquilo que se possa utilizar de mais natural nos atendimentos terapêuticos, melhores resultados serão conseguidos no restabelecimento das pessoas e, consequentemente, redução das queixas apresentadas por todos aqueles que procuram atendimentos alternativos.

Uso em especial, a argila branca, da marca Esmeraldo, sempre me rendeu resultados fantásticos, seja ela aplicada com manjericão miúdo na região do plexo solar, promovendo estado relaxante enquanto atendo pessoas com Reflexologia Podal ou em outras situações, como por exemplo, aplicada com chá de eucalipto acrescida de cânfora em casos de dores no joelho, pós-cirurgia do punho, etc.

Eu mesma tratei meus punhos com argila, quando recebi há pouco mais de 18 anos o diagnóstico que estava com LER (lesão por esforços repetitivos) e Síndrome do Túnel do Carpo. Antes de me submeter à cirurgia, fiz o tratamento de forma adequada e, tendo havido redução das dores e da inflamação e, também devido ao afastamento da atividade que dava origem a tal sequela, considero-me com a saúde das mãos e braços completamente restabelecida”.

Solange Souza – Recife-PE -
“Trabalho com argila há 20 anos. Sou apaixonada pelos resultados da argila. Tenho tratado através da argila desde problemas de pele, como por exemplo: acne, melasma, manchas provocado pela exposição solar, efeitos nocivos da dengue e até câncer.

Várias experiências têm me motivado a continuar trabalhando com a argila. Vários casos de clientes são incentivos para isso. Exemplos:

1.
Um bebê de apenas um mês estava se recusando a ser amamentado pela mãe em consequência de ter sido rejeitado no período da gestação. Mãe e filho fizeram a argila e na segunda sessão o bebê amamentou;
2.
Vários casos de mioma uterino que com o tratamento de argila foram extintos; e
3. Problemas de coluna, dores generalizadas - após retirada de gesso devido a entorse ou fratura que, após sessões de argila, o membro tratado normalizou os seus movimentos.

Muitas e muitas experiências profissionais maravilhosas devido aos efeitos da argila.

Não tenho preferência por cor, embora goste de trabalhar com a amarela para tratar o corpo por sair com mais facilidade e a verde pelo efeito tensor na pele.

Quando a argila é da região que o usuário reside se obtem melhor resultado devido aos oligoelementos que ela contém muito semelhante ao da pessoa”.

Nada na vida se constrói só, tudo se agrega e soma com algo para ficar mais rico. Assim é a terra, que sempre está para contribuir com algo, mesmo quando não queremos. Se nos permitirmos conhecer, aí tudo fica mágico.

Concluo este artigo com uma reflexão da escritora e espiritualista Andrea Taiyoo: “Sem o sol, sem a água, sem o ar, sem a terra, sem a semente não teríamos como viver, será que estou sendo grato a essas dádivas na minha vida?”
Milhões de beijos iluminados,

Profissionais e colaboradores deste artigo
(Os profissionais aqui citados têm várias especializações e até pós-graduação, além da experiência em Argiloterapia. São profissionais todos muito bem recomendados. Todos atendem por agendamento).

Carol Albuquerque (Brasília–DF) - Contatos: (61) 99322.9354 – E-mail: notasdesirius@gmail.com e www.notasdesirius.com.br.

Celso Costa (Recife-PE e Cabo de Santo Agostinho-PE) - Agendamento: (81) 99512.9265. Site:https://celsoholismo.wixsite.com/celsocosta. Locais de atendimento: La Casita Nazar - Hostel & Tratamentos Naturais - Cabo de Santo Agostinho e Vidya Terapias Complementares – Recife-PE.

Dalva de Oliveira (Recife-PE) - Rua Dr. Aniceto Ribeiro Varejão, 27 A – Torrões, Recife-PE. Contato: (81) 99900.8102 (Tim e WhatsApp).

Milena Esther Madhava (João Pessoa-PB e Recife-PE) – Contato: (83)-98731.0058. E-mail: milena.esther@hotmail.com.

Monica Silva (Recife-PE) – Local: Farmácia Pirâmide – Rua Viscondessa do Livramento, 198, Derby, Recife-PE. Contatos: (81) 3221.0446 – (81) 99727.1282 (TIM) – (81) 99205.7416 (Claro e WhatsApp) – E-mail: monimeirelles@yahoo.com.br.

Solange Souza – Recife-PE – Locais: Rua Dom Pedro Henrique, 233, Santo Amaro, Recife-PE e Rua Estácio Coimbra, 781, São José, Carpina-PE. Contato: (81) 98672.4737 (Oi e WhatsApp). E-mail: s.solangesouza@hotmail.com

Vera Rabelo – Recife-PE – Atendimento em domicílio por agendamento. (81) 99913.9029 (Tim e WhatsApp).

Sugestão de Blog

Renata Lima - https://olharmeu.wordpress.com/

Sugestões de leitura

Amorim, Monthana Imai de & Piazza, Fátima Cecília Poleto. Uso das argilas na estética facial e corporal. Acesso em 11/10/2017 - http://siaibib01.univali.br/pdf/monthana%20imai%20de%20amorim.pdf.

Ayres, Nathalie. Argiloterapia: conheça os prós e contras do tratamento para limpeza de pele. Acesso em 06/10/2017 - http://www.minhavida.com.br/beleza/tudo-sobre/17936-argiloterapia-conheca-os-pros-e-contras-do-tratamento-para-limpeza-de-pele.

Geoterapia (Argiloterapia) - https://www.fotosantesedepois.com/geoterapia-argiloterapia/.

Nunes, Kátia Silva & Rêgo, Flávio. Diário de uma terapeuta da beleza. 2009.

Andrea Taiyoo - Acesso em 12/10/2017 - https://institutotaiyoo.wordpress.com/biografia-andrea/

Sugestões de locais para conhecer:

Praia dos Carneiros - Rod. PE-072, Tamandaré - PE, 55578-000

Recanto Madre Paulina - Rua 02, 326, Ouro Preto, Petrolina-PE – Telefones: (87) 3863.2492/ 3863.2650.

* Mariomar Teixeira é formada em Secretariado na UFPE com mestrado em Extensão Rural e Desenvolvimento Local na UFRPE. Filha, esposa e mãe. Ama ler, estudar, tricotar e cozinhar. Dedica-se aos estudos de metafísica desde 1980, principalmente Numerologia. Em 1993, além de assumir um concurso público federal, também o trabalho como numeróloga é reconhecido. Colunista da Folha de Pernambuco de 1998 a 2005, coluna Numerologia. No mesmo período foi colunista da Revista Club com as colunas: Holística e Lançamento de livros. Professora e Consultora de Feng Shui desde 1997. Palestrante das Tintas Iquine sobre Feng Shui e Cores de 2000/2006, 2014/2015. Atualmente é palestrante das Tintas Coral.

* A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

Argila - Praia dos Carneiros
Argila - Praia dos CarneirosFoto: Renata Lima
Seminário de Yoga da Paraíba
Seminário de Yoga da ParaíbaFoto: Aline Storni

veja também

comentários

comece o dia bem informado: