Yaya Touré criticou o técnico Guardiola
Yaya Touré criticou o técnico GuardiolaFoto: Divulgação/Manchester City

O meia marfinense Yaya Touré, do Manchester City, acusou o técnico espanhol Pep Guardiola de ter problemas "com jogadores de cor", segundo declarações que serão publicadas nesta terça-feira pela revista France Football.

Questionado sobre eventuais problemas do técnico do City com jogadores de cor, o meia de 35 anos respondeu: "Quando você percebe que ele tem frequentemente problemas com os africanos, por todos os lugares que passou, eu me questiono (...) Ele age como se não tivesse, porque é inteligente demais para cair nessa armadilha (de mostrá-lo). Ele nunca confessará".

"O dia em que escalar uma equipe com cinco africanos, não naturalizados, prometo que lhe envio um bolo", ironizou Touré.

Na última temporada, Touré jogou apenas 17 jogos entre todas as competições. O meia confessou que chegou a se perguntar se o pouco tempo de jogo teria relação com a cor de sua pele.

Touré, que deixará o Manchester City ao fim de junho, após oito temporada no clube, se mostrou muito decepcionado com Guardiola, de 47 anos.

"Acho que eu estava lidando com alguém que só queria se vingar de mim (...) Ele sentia ciúmes de mim, me via como um rival (...) Eu me senti humilhado", completou o marfinense.

Guardiola e Touré já haviam trabalhado juntos entre 2007 e 2010 no Barcelona. "Já havíamos tido algumas tensões", explicou o jogador.

Touré, que somou 319 jogos pelo City, mudará de ares na próxima temporada e está negociando seu próximo destino.

"Ele me roubou minha despedida com o City. Eu gostaria de ter deixado esse clube com emoção, como aconteceu com Iniesta (Barcelona) ou Buffon (Juventus). Mas Pep me negou isso".

Com contrato com o Manchester City até 2021, Guardiola conquistou a dobradinha Campeonato Inglês-Copa da Liga na última temporada.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: