Lideranças dos taxistas fizeram carreata
Lideranças dos taxistas fizeram carreataFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

As lideranças da categoria de taxistas do Recife realizaram uma carreata na manhã desta segunda-feira em direção à sede da Prefeitura, no Cais do Apolo, área central, onde entregaram reivindicações. Eles são contra a implantação do serviço de táxis metropolitanos e pedem mais fiscalização para o transporte de passageiros em carros particulares, como o oferecido pelo aplicativo Uber. Cerca de 30 veículos participaram da mobilização.

“A lei diz que tem que ser cada um dentro do seu município”, comentou o presidente do Sindicato dos Taxistas do Recife, Everaldo Menezes, sobre a implantação de táxis metropolitanos. A respeito do pedido de fiscalização, Menezes explicou que o assédio a passageiros nas portas dos shoppings centers da cidade é constante. “Eles param e chamam os clientes, dizendo que são da Uber, mas trabalham sem o aplicativo”, afirma, reforçando que, quando há qualquer problema, o cliente não tem a quem se remeter. De acordo com o diretor das cooperativas que atuam em shoppings, Wellington Lima, o problema é maior no shopping Tacaruna. “A prefeitura está sendo negligente”, completou.

A categoria também vai pressionar pela aprovação de uma lei que limite a frota de carros que circulam pela Uber no Recife. “Brasília já aprovou essa lei e nada impede que também façamos o mesmo aqui”, disse Menezes. A determinação seria de que a frota da Uber representasse 20% da de táxis, hoje estimada em 6.125 veículos no Recife.

 

Lideranças dos taxistas fizeram carreata
Lideranças dos taxistas fizeram carreataFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Taxistas protestaram na frente da sede da Prefeitura do Recife
Taxistas protestaram na frente da sede da Prefeitura do RecifeFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Lideranças da categoria de taxistas pedem maior fiscalização para o transporte clandestino de passageiros no Recife
Lideranças da categoria de taxistas pedem maior fiscalização para o transporte clandestino de passageiros no RecifeFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: