Unidade particular
Unidade particularFoto: Divulgação

A mulher que foi baleada pelo marido, um policial militar, morreu em uma unidade particular no bairro da Ilha do Leite, na área Central do Recife, na última segunda-feira (9). Débora Maria de Oliveira, de 40 anos, foi alvejada no último dia 26, na casa do casal, no Alto José do Pinho, na Zona Norte do Recife.

Inicialmente, ela foi socorrida e levada para o Hospital Agamenon Magalhães, no bairro de Casa Amarela, e transferida para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby. Em seguida, foi novamente transferida para uma unidade de saúde particular. Na ocasião, o soldado Carlos Alberto Mendes da Silva Júnior, de 35 anos, foi autuado em flagrante pelo crime.

Carlos Alberto, que é lotado no 13º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, disse à polícia que "queria dar um susto" na companheira, com quem é casado há cerca de 20 anos. Ele foi autuado pelo crime e foi encaminhado para audiência de custódia. Durante a audiência, o juiz decidiu pela prisão preventiva e ele será encaminhado ao Centro de Reeducação da PM (Creed).

Leia também:
PM preso por atirar em esposa diz que queria "dar um susto"


veja também

comentários

comece o dia bem informado: