Deputado federal Jair Bolsonaro (PSC)
Deputado federal Jair Bolsonaro (PSC)Foto: Divulgação

Depois de uma noite de festa com pastores evangélicos e simpatizantes numa churrascaria do Queens, Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência pelo PSC, madrugou em Nova York. Logo cedo, estava de pé para um café da manhã com investidores no Council of the Americas, organização que defende o livre mercado, em Manhattan.

Leia também:
Nos EUA, Bolsonaro se apresenta como "única alternativa para mudança de rumo no País"
Trump serve de exemplo, diz Bolsonaro nos EUA


Na saída, seu filho, Eduardo Bolsonaro, também deputado federal pelo PSC, postou um vídeo no Instagram contando que foi "bem bacana" a conversa com brasileiros e americanos na instituição.

"Falamos de uma aproximação com os Estados Unidos, normas tributárias", disse. "A gente pode notar a vontade que as pessoas aqui têm de investir no Brasil, mas há dificuldade devido à falta de acordos e cooperação. Isso daí é fruto do viés ideológico do PT que afastou os Estados Unidos do nosso comércio."

Mais tarde, chegando à sede da agência de notícias Bloomberg, onde daria uma entrevista, o pré-candidato Jair Bolsonaro bateu na mesma tecla, insistindo na ideia central de sua turnê americana, que é firmar sua imagem como um político menos radical e mais liberal, amigo do mercado, tal qual Donald Trump, seu ídolo máximo.

"É difícil sair do Brasil e chegar junto ao mercado com o manto da desconfiança", disse Bolsonaro, na entrada do prédio. "O que os investidores querem é alguém que lute para diminuir o Estado. É importantíssima a desburocratização. Você tem que honrar o acordado, não pode mudar as leis."

O deputado reconheceu também que sua aproximação com o mercado internacional ainda é "superficial" nesse seu primeiro contato, mas que tem sentido confiança depois de conversas que teve com investidores americanos.

Bolsonaro encerra sua viagem aos EUA passando por Washington, onde dará uma palestra, e retornando a Nova York para outro possível debate – seus planos vêm sendo mantidos em segredo – antes de regressar ao Brasil.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: